Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estrela Poesia

A vida se faz caminhando,cada dia cada hora é único,mas sempre de mão dada com o amor

Estrela Poesia

A vida se faz caminhando,cada dia cada hora é único,mas sempre de mão dada com o amor

Alamo

Era Outono!

As folhas ressequidas

dançavam sem destino

embaladas pelo vento!

Seriam Lágrimas de despedida?!

 

Ou seriam antes

Cabelos embranquecidos,

Pagando tributo

Na passagem pelo tempo?!

Retalhos do Tempo

Hoje de Manhã saí muito cedo

Hoje de manhã saí muito cedo,
Por ter acordado ainda mais cedo
E não ter nada que quisesse fazer...
Não sabia que caminho tomar
Mas o vento soprava forte, varria para um lado,
E segui o caminho para onde o vento me soprava nas costas.
Assim tem sido sempre a minha vida, e
Assim quero que possa ser sempre --
Vou onde o vento me leva e não me
Sinto pensar.

Este poema me foi enviado num comentário pela amiga Manuela Cardoso

Amor É Fogo Que Arde

Amor é fogo que arde sem se ver
 
Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;
 
É um não querer mais que bem-querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;
 
É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.
 
Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?
 Luís Vaz De Camões