Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estrela Poesia

A vida se faz caminhando,cada dia cada hora é único,mas sempre de mão dada com o amor

Estrela Poesia

A vida se faz caminhando,cada dia cada hora é único,mas sempre de mão dada com o amor

Corpo Celeste

Um corpo quando se desfaz liberta pó
cinza de luz.
Eu encosto-me à tarde, contra a solidez
da terra. A melancolia arde
na palidez do corpo.
levantam-se do meu sono auroras.
Há fogos no céu que explodem
que se alimentam só do meu corpo.
Libertam-se anjos, focos brancos.
A terra leveda alada. Azeda.
Uma flor cresce entre as minhas vértebras
saudosa. Mergulha raízes
no Iodo do meu amor.
É uma estrela reabsorvida pelo céu
que se alimenta da minha morte.

 
Antonio Candido Franco

6 comentários

Comentar post