Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estrela Poesia

A vida se faz caminhando,cada dia cada hora é único,mas sempre de mão dada com o amor

Estrela Poesia

A vida se faz caminhando,cada dia cada hora é único,mas sempre de mão dada com o amor

Paixão

Com todas as rimas eu canto,
Oh homem do meu encanto
Tua boca que ri do meu pranto.


Dispo os véus de muitas cores,
Digo palavras de pecadores
Dou-te meu corpo sem pudores.


Sorvo teu hálito benfazejo
Num quente longo beijo
E tua mão aguça o desejo


De me perder em louca orgia,
Pois morro de tanta agonia
Se não estás presente todo dia.


A fome de ti me governa,
Sua ânsia apaga a lanterna
Que tenho à porta da taverna


Da minh’alma sedenta de prazer
Que, sem saber o que fazer,
Vaga no deserto de te querer.

Maria Hilda de J. Alão.


 


2 comentários

Comentar post