Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estrela Poesia

A vida se faz caminhando,cada dia cada hora é único,mas sempre de mão dada com o amor

Estrela Poesia

A vida se faz caminhando,cada dia cada hora é único,mas sempre de mão dada com o amor

Dói-me no Coração

 

Dói-me no coração 
Uma dor que me envergonha
Quê ! Esta alma que sonha
O âmbito todo do mundo
Sofre de amor e tortura
Por tão pequena coisa...
Uma mulher curiosa 
E o meu tédio profundo ?

Fernando Pessoa

Luar da Noite

Luar da noite,olha e beija
--meus lábios de amor,
folgosos de mel e carmim
mas sorri,Amor só para mim
Me aperta docemente nos braços.
---Do mesmo geito que no leito
me abraças, de calor e falas,
baixinho! Ao ouvido de Amor

Em dias de inspiração e amor Lisa

 

Poema


Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco
conheço tão bem o teu corpo
sonhei tanto a tua figura
que é de olhos fechados que eu ando
a limitar a tua altura
e bebo a água e sorvo o ar
que te atravessou a cintura
tanto    tão perto   tão real
que o meu corpo se transfigura
e toca o seu próprio elemento
num corpo que já não é seu
num rio que desapareceu
onde um braço teu me procura

Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco


                   Mário Cesariny

Apenas Um


Olhares, e um pensamento
a partir daquilo sabia o meu futuro
amar você por toda vida?
talvez...

abraços, e uma fusão
um só corpo por toda a vida
e eu ainda quero amar você
sim...

apenas um beijo, e a certeza
a certeza de querer
o que meu coração me pede
você, para todo o sempre...

 

Arturo Angelin


Saudades

Saudades! Sim... Talvez... e porque não?... Se o nosso sonho foi tão alto e forte. Que bem pensara vê-lo até à morte. Deslumbrar-me de luz o coração! Esquecer! Para quê?... Ah! como é vão! Que tudo isso, Amor, nos não importe. Se ele deixou beleza que conforte. Deve-nos ser sagrado como o pão! Quantas vezes, Amor, já te esqueci, Para mais doidamente me lembrar, Mais doidamente me lembrar de ti! E quem dera que fosse sempre assim: Quanto menos quisesse recordar. Mais a saudade andasse presa a mim!


Florbela Espanca

Manhã

Manhã linda manhã.

De um inverno ido

--Com mil folhas espalhadas

no chão de saudades

---Telhados de infância e

passaros nos beirais,

Não mais haverá espaço

---No ar! das memórias da manhã

Os meus poemas,feitos numa hora qualquer.Lisa

 

A ROSA

A Rosa é bela e flor
Terá voz de mulher
com música e amor
---Para olhar e beijar


Pode ter um espinho
Mas sempre é bom cheirar
Depois de colhida,é oferecida
Se pode sentir um  sorriso


---De Amor! ou será sempre uma flor

Lisa/ os meus poemas

 


Saudade

Foste a Saudade do instante
De folhas soltas ao vento
Como um lamento,voando
para  longe da minha recordação
Então despertei! Vi que era sonho
Senti desejo, de agarrar tua mão
Depois disse!  Eras sonho  imaginação!

Lisa/24/12/2004 Noite de Natal

Te Desejo

Sorrisos...Quando a tristeza invadir o seu coração.
Arco-Íris...Para você seguir as nuvens.
Risos...Que beijem os seus lábios.
Abraços...Quando a alegria não estiver contigo.
Amigos...Que iluminem o seu ser e o seu dia.
Beleza...Que teus olhos possam ver.
Confiança...Quando a dúvida aparecer.
Fé...Para que você acredite na sua força.
Coragem...Para conhecer a você mesmo.
Paciência...Para aceitar a realidade.
Amor...
Para você oferecer a todos em sua volta !!

 

Há Pessoas

Que querem ser bonitas
para chamar a atenção,
outras desejam a inteligência
para serem admiradas.

Mas há algumas
que procuram cultivar a Alma
e os Sentimentos.

 

Essas
alcançam a admiração de todos,
porque além de belas
e inteligentes
tornam-se realmente

PESSOAS

Pág. 1/2